The Voice | Avaliação do TOP 12 e palpites para a final do programa

Reality show musical chega em sua fase final com equilíbrio entre os competidores

Há muito não víamos uma temporada tão equilibrada do The Voice estadunidense. Estamos na oitava temporada com Adam Levine e Blake Shelton brigando por mais um título, enquanto Christina Aguilera e Pharrell Williams disputam um lugar ao sol e o primeiro título de ambos na competição. Vale lembrar que somente o cantor Usher quebrou a hegemonia Levine/Shelton – também conhecido como Shevine – levando um título, deixando Blake com quatro troféus e Adam Levine com dois.

Na última semana foi definido o tradicional TOP 12 do The Voice e todos os participantes terão como conselheira a cantora country Reba. Dentre o Top 20, se percebeu o equilíbrio, ficando excelentes cantoras e cantores de fora da competição por questão de detalhes. Comparando equipe por equipe, Blake e Pharrell partem com times mais fortes, deixando Aguilera e Levine com nomes ligeiramente mais fracos.

O Previamente te dá uma análise, candidato por candidato, desta fase que começa esta noite e aposta no campeão dos campeões desta edição.

the voice

TEAM BLAKE

Corey White

O único representante country da competição tem vantagens e desvantagens. O gênero já mostrou ter força nos EUA, pelo próprio reality show, dando três títulos ao cowboy Blake Shelton. O rapaz tem a desvantagem de o último campeão ter sido o também um cantor do gênero, Craig Wayne Boyd, podendo deixar o público enjoado de tantas botas e franjinhas.

Não tendo a tradicional voz grossa do estilo, o menino tem chances de vencer, por ser talentoso e uma pose de galã que pode ganhar o coração das teens.

Melhor performance:

 

Hannah Kirby

Meu coração dispara por Hannah. Não por ela ser aquela pessoa que chamaríamos de mulherão, mas sim por ela não ter vergonha de utilizar seu corpo para dançar. Dona de um dos duelos mais épicos do programa, enfrentando Sarah Potenza, a menina foi salva por Blake Shelton, que a levou para disputar o título da competição.

A roqueira que tem ar de Janis Joplin mais nova, faz parte do grupo que gostaria de viver eternamente em um Woodstock, dançando e jogando pétalas de rosa pelo mundo. Nunca antes na história do programa alguma garota com o estilo parecido venceu o show.

Melhor performance:

 

Meghan Linsey

Com estilo diva, Meghan passa pelo preconceito dos americanos por já ter tido certo sucesso no mundo country, antes do programa, com a dupla Steel Magnolia. Mas pouco se vê da cantora country nessa nova faceta. Partindo para o estilo R&B, a loira tem o equilíbrio do estilo “fazer a diva”, não sendo nenhum pouco exagerado.

Fez uma das apresentações mais legais dos playoffs, cantando uma música surpreendente da banda OneRepublic.

Melhor performance:

 

Veio a passeio: Corey

Provável finalista: Hannah

 

TEAM PHARRELL

Mia Z

Blake a definiu como dona de “um agudo feito para um gato ouvir”. A garota dos olhos de Pharrell, de apenas 16 anos, sabe fazer blues como poucas artistas jovens têm capacidade. Assim como Hannah, destoa do que as novas cantoras que buscam a mesmice do pop enlatado. Se o Pharrell não cometer os mesmos erros técnicos da sétima temporada, a garota pode incomodar e  se tornar uma ameaça para os outros competidores.

Melhor performance:

 

Sawyer Fredericks

Dentro do mundo da pirataria musical, só digo uma coisa: eu compraria muito o CD original desse menino. Sawyer tem meros 16 anos, mas é mais emocionante que 90% dos cantores sertanejos do Brasil na casa dos 30 e poucos anos. O garoto de longas madeixas loiras é um contador nato de histórias e nos faz sentir tudo que canta.

Melhor performance:

 

Koryn

Vamos para a igreja! Bom seria se o gospel brasileiro fosse tão forte quanto o que essa menina faz. Koryn é a mais fraca do time, não por ser ruim, mas por Sawyer e Mia serem muito acima da média. Geralmente, algumas coisas me incomodam em quem quer cantar fazendo aquele estilo church de ser, mas ela sabe e faz muito bem essa coisa toda.

Melhor performance:

 

Veio a passeio: Koryn

Provável finalista: Sawyer Fredericks

 

TEAM ADAM

Joshua Davis

Esse rapaz tem uma voz muito tranquilizante. Uma das grandes burradas do Blake foi tê-lo dispensado. Cantor diferenciado, pode cantar tudo com seu timbre que dá vontade de cochilar e sonhar eternamente. Não vai ganhar, pois não tem apelo comercial e faz uma música com estilo daqueles que não acompanham o programa. Pode ganhar um espaço na cena indie se bem trabalhado.

Melhor performance:

 

Brian Johnson

Mais um dos roubados de Blake, Brian tem alterações de apresentações, fazendo umas excelentes e outras sofríveis. Caso o Adam saiba como administrar o rapaz, pode ir longe, senão cairá já nas primeiras fases, especialmente por também não ter apelo comercial.

Melhor performance:

 

Deanna Johnson

Linda, mas péssima. Prefiro não me estender nessa tristeza de cantora.

Menos pior performance:

 

Nem sei porque veio: Deanna

Provável finalista: Joshua

 

TEAM CHRISTINA

Kimberly Nichole

A mulher elétrica de Christina é uma das minhas preferidas no programa. Sou fã dos músicos que fazem a coisa com o coração e nas músicas com pegadas mais fortes a garota quebra a banca mesmo. Ex-Team Pharrell, a menina deve ter deixado o ex-coach muito arrependido e sem poder dormir à noite. Se o público não votar por apelo pop e sim pela voz, a menina já está garantida na final.

Melhor performance:

 

Rob Taylor

Me recuso a comentar o quão ruim e quão irritante é seus agudos.

A CENSURA DO BOM GOSTO ME PROIBIU DE COLOCAR UM VÍDEO DESSE RAPAZ! (Mas vamos colocar de qualquer forma, mas assista por sua conta e risco).

 

India Carney

Assim como eu não gostava de Tessane e ela venceu com o Adam, não gosto da vibe de India, mas ela provavelmente pode chegar à final, pois os americanos e o público mais alternativo gosta dessas mulheres que cantam com ar superior, mas na real nem são tão boas assim. Ela canta bem sim, mas no palco me incomoda por pensar demais e fazer de menos.

Melhor performance:

 

Veio a muitos passeios: Rob Taylor

Provável finalista: India Carney

 

Ainda não se sabe se teremos um Top 3 ou um Top 4, então darei o palpite sobre os possíveis quatro finalistas.

4º lugar: Meghan (Blake)

3º lugar: Mia Z (Pharrell)

2º lugar: Hannah Kirby (Blake)

1º lugar: Sawyer Frederiks (Pharrell)

Por Dinho de Oliveira
Anúncios

2 comentários em “The Voice | Avaliação do TOP 12 e palpites para a final do programa”

  1. Comentarios excelentes, nao tiro uma virgula. E acertou o vencedor. Tbm sempre achei que ele fosse ganhar e o Sawyer era um dos meus favoritos. Tbm gostava muito de outros meu top 4 seria: Hannah,Joshua, Mia e Sawyer. Essa temporada foi show.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s