2ª Mostra Haiti ocorre neste fim de semana em Itajaí

Evento ocorre neste sábado (18) e domingo (19), no Centro de Artes e Esporte Unificados de Itajaí.

Neste sábado (18) e domingo (19), o Centro de Artes e Esporte Unificados (CEU), em Itajaí, sediará a 2ª Mostra Haiti de Cultura, um evento que transcende barreiras culturais para se tornar uma plataforma de conexão entre comunidades e uma demonstração do poder da solidariedade social. O evento contará com apresentações, oficinas e debates, dando visibilidade a atividades e manifestações artísticas, além de colocar em destaque questões relacionadas ao comportamento e a cultura haitiana.

Demonstrando a resiliência da comunidade haitiana em Santa Catarina, a iniciativa destaca a capacidade de unir diferentes grupos culturais para combater o racismo e a intolerância. Ao compartilhar saberes e experiências, o evento busca superar barreiras que muitas vezes segregam comunidades, criando um espaço de acolhimento e pertencimento. 

Trata-se de experiência de fomento, com objetivo não só de tornar a comunidade visível à sociedade local por meio de sua cultura, mas também de integrá-la e inseri-la, num esforço para a construção de uma cultura de paz.

A Mostra Haiti de Cultura é uma realização do Espaço Cultural Cobra Criada, com patrocínio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, Fundação Cultural e do Município de Itajaí. A iniciativa integra a programação da campanha Itajaí Sem Racismo. 

O Centro de Artes e Esporte Unificados (CEU) fica na Rua Érico Veríssimo, s/n, bairro São Vicente, em Itajaí.

Confira a programação da 2ª Mostra Haiti de Cultura:

Sábado – Dia 18 de novembro

17h/18h – Oficina “Intercâmbio Cultural Infanto-Juvenil – Nossos Idiomas” 

Local: Quadra

17h/18h – Oficina Economia Solidária

Local: Teatro

18h/19h – Oficina Teclado Latino  

Local: Biblioteca

18h/22h – Doação de mudas

Instituto Itajaí Sustentável – INIS

Local: Quadra

18h/22h – Artesanato 

Território do Fazer – Espaço dedicado à produção artesanal, de imigrantes radicados na região e pela comunidade negra local. Representações dos países – Angola, Haiti e Brasil

Local: Quadra

18h30/19h – Bate-papo ServHire – Plataforma que conecta contratantes e profissionais imigrantes mais qualificados

Local: Teatro Municipal

19h/20h – Palestra virtual Políticas Culturais e Migrações: alguns caminhos da interculturalidade

Local: Teatro

20h/20h30 – Música Hip Hop – Questões sociais e políticas do Haiti, com o artista haitiano Master Ed Toutan

Local: Quadra

20h30/21h – Moda Trançados de Cabelo

Desfile de trançados de cabelo, apresentando diferentes penteados usados pelas mulheres haitianas. Trançados de cabelo serão oferecidos ao público no local, entre 20h e 22h, gratuitamente

Local: Quadra 

21h/22h – Música DJ Preto 

Local: Quadra

21h/23h – Artes Visuais

Projeções de obras de arte de pintores populares do Haiti, apresentando diferentes influências estéticas. Imagens cedidas pelo acervo da Black Brazil Art e pelo colecionador e artista visual haitiano Elie Alceo

Local: Rua

22h – 23h – Música

Banda Sons do Hait e Dança Twobadou e Compás 

Local: Quadra

Domingo – Dia 19 de novembro

17h/18h – Oficina Hip Hop – Conexão Brasil Haiti

Oficina ministrada por LeoZika, especialista na dança Breaking e pelo compositor, cantor e rapper haitiano Michel Maxx

Local: Teatro

18h/20h30 – Bate-papo e Roda de Conversa

Bate-papo: ServHire 

Com Venite Loussaint, criadora da plataforma

18h/20h30 – Roda de Conversa: Avanços e Retrocessos – Movimento Contínuo do Imigrante 

Local: Teatro

19h/20h30 – Artes Visuais Projeções de obras de arte de pintores populares do Haiti

Local: Rua

20h30/21h30 – Música Ayiti an Konsè

Local: Teatro

Leia mais:
L7nnon, Atitude 67, Lourena e DJ Marlboro são atrações do Rosa Music Festival, em Imbituba
Melim faz show de despedida em Curitiba em dezembro
Únicos ingressos para o show de Paul McCartney em Curitiba custam quase R$ 7 mil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *