Melhores Séries de 2019

The Good Fight, Fleabag, Unbelievable, Watchmen, Evil e Succession são algumas das séries presentes na lista.

Parece que em 2019 o mundo das séries voltou a entrar nos eixos, especialmente após o final desastroso de Game of Thrones. Dezenas de ótimos seriados foram ao ar no percurso de 12 meses, mas é nosso dever reduzir a lista a um número sensato e 20 parece ser mais do que o suficiente, não?

Desta vez, não trazemos uma lista ranqueada; os títulos estão por ordem alfabética. Dito isto, peço que aproveite a relação e se deixou alguma passar, por gentileza, retifique este erro no início da próxima década. Obrigado.

Better Things (FX)
Terceira Temporada

A cada temporada, se prova superior à Louie em todos os sentidos. E é uma narrativa precisa sobre ser mãe solteira hoje.

Pamela Adlon, Hannah Alligood, and Olivia Edward in Better Things (2016)

BoJack Horseman (Netflix)
Sexta Temporada

A série mais humana da TV/streaming continua sendo uma animação estrelada por um cavalo humanoide.

Chernobyl (HBO)

Contar a história de uma tragédia que todo mundo conhece mas de maneira visual e narrativa tão eficiente que você esquece que sabia dela.

Documentary Now! (IFC)
Terceira Temporada

O melhor documentário do ano é uma série de falsos documentários, que por sinal ofereceu o melhor musical do ano (certamente não você, Tom Hooper).

Documentary Now! (2015)

Evil (CBS)
Primeira Temporada

Arquivo X encontra O Exorcista, mas com o tom crítico, relação com o mundo real e o deboche oriundos do universo de The Good Wife/Fight dos Kings.

Aasif Mandvi, Katja Herbers, Michael Stahl-David, and Mike Colter in Evil (2019)

Fleabag (BBC 3/Amazon Prime Video)
Segunda Temporada

A série que fez mais pelo cristianismo do que a própria religião em 2019. Also: a maior história do amor do ano, protagonizada por duas irmãs.

GLOW (Netflix)
Terceira Temporada

Sororidade, humanidade e histórias de mulheres reais.

Mindhunter (Netflix)
Segunda Temporada

Suspense, tensão, personagens obcecados, serial killers e bela fotografia. Tudo o que a gente espera de algo dirigido e produzido por David Fincher.

Russian Doll (Netflix)
Primeira Temporada

É puro entretenimento, engraçada, com boas atuações, além de transbordar criatividade, especialmente se levarmos em consideração o arquétipo da narrativa de reviver o mesmo dia de novo e de novo. Não sei se funciona com mais de uma temporada, mas viveremos para descobrir.

Natasha Lyonne in Russian Doll (2019)

Sex Education (Netflix)
Primeira Temporada

Quem diria que dá para escrever sobre adolescentes e sexo sem qualquer clichê e subvertendo a fórmula?

Star Trek: Discovery (CBS All Access)
Segunda Temporada

Uma narrativa bem escrita, com desenvolvimento de personagens, fan service e que chega a algum lugar. Dá vontade né, J.J. Abrams.

Michelle Yeoh, Jayne Brook, Anson Mount, Ethan Peck, and Sonequa Martin-Green in Star Trek: Discovery (2017)

Succession (HBO)
Segunda Temporada

Dá pra fingir que é a quarta temporada de Arrested Development decente que nunca tivemos.

The Crown (Netflix)
Terceira Temporada

O poder da narrativa é fazer com que a gente se importe com algumas das pessoas mais brancas e mais privilegiadas do planeta.

The Good Fight (CBS All Access)
Terceira Temporada

A temporada de TV mais arriscada, maluca, política e divertida do ano.

The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon Prime Video)
Terceira Temporada

Às vezes você só precisa relaxar e The Marvelous Mrs. Maisel é esse tipo de série. É leve, é bem dirigida, com diálogos velozes e interpretações inspiradas. É simplesmente fácil de assistir.

Resultado de imagem para mrs maisel season 4

Unbelievable (Netflix)

São duas séries em uma, que no fim se conectam. E ambas são excelentes. O pesadelo de ser uma vítima de violência sexual de um lado, e as dificuldades de duas detetives em uma investigação envolvendo mulheres violadas. É pesado, necessário e feito com a devida cautela e sensibilidade que a temática pede.

Unbelievable (2019)

Undone (Amazon Prime Video)
Primeira Temporada

A ambiguidade entre o fantástico e o delírio é o que faz de Undone um retrato sensível e diferente de tudo o que já vimos sobre doenças mentais na TV recentemente.

Bob Odenkirk and Rosa Salazar in Undone (2019)

Watchmen (HBO)

Um exemplo de como pegar uma obra original e aprimorá-la em outro meio. A série respeita o espírito da HQ, mas avança com suas próprias questões que conversam com o nosso mundo atual. Watchmen subverte o gênero de super-heróis (seja no cinema, na TV ou até mesmo nos quadrinhos), lida com problemas reais, em especial o racismo e a ascensão dos supremacistas brancos. São várias histórias e gêneros dentro de uma só obra e é lindo o que Damon Lindelof faz aqui, ousando em narrativa e visual. Alan Moore deveria estar orgulhoso.

Regina King in Watchmen (2019)

What We Do in the Shadows (FX)
Primeira Temporada

Mais um exemplo de como pegar uma obra original e aprimorá-la em outro meio. É o tipo de comédia pura, sem nenhuma pretensão, que precisávamos na TV.

Kayvan Novak, Mark Proksch, Matt Berry, Harvey Guillén, and Natasia Demetriou in What We Do in the Shadows (2019)

When They See Us (Netflix)

Ava DuVernay entrega sua obra-prima aqui ao contar uma história real sobre cinco adolescentes negros que foram presos injustamente por conta de um crime que nunca cometeram. O verdadeiro crime deles é a cor da pele. Tudo o que é corriqueiro ainda hoje é estampado nos quatro episódios, seja na brutalidade e parcialidade policial, o pesadelo no cárcere, ou a dificuldade de ser reinserido na sociedade após período na prisão. É angustiante, é de partir o coração, é pesadíssimo, é de chorar por dias. Mas é o nosso retrato como sociedade.

Jharrel Jerome in When They See Us (2019)

Menções honrosas: Veronica Mars, Tuca & Bertie, Pose, Years & Years, Veep, The Act, State of the Union, Jane the Virgin, One Day at a Time, Superstore, Crazy Ex-Girlfriend, PEN15, Ramy.

Confira também:
Melhores Séries da Década de 2010
Melhores Séries, Episódios, Atrizes e Atores da TV na Temporada 2018/2019
Melhores Séries de 2018
Melhores Séries de 2017
Melhores Séries de 2016
Melhores Séries de 2015
Melhores Séries de 2014

Por Rodrigo Ramos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.