Anonymous ameaça hackear senadores favoráveis ao limite da internet fixa

Votação na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado que propõe mudanças no Marco Civil da Internet gerou a ação do grupo de hackers. 

As conversas sobre a proposta de limite de dados na internet fixa ainda não estão acabadas e continuam gerando polêmica. Dessa vez, o grupo de hackers Anonymous ameaçou, via Facebook, os senadores que votariam na terça-feira passada (12), o projeto de lei 174/2016, proposto por Ricardo Ferraço (PSDB – ES).

O post, que contém um arquivo em PDF com algumas informações básicas sobre cada um dos políticos, diz o seguinte: “Já sabem, né? Quem votar contra vai ter #‎exposed, internet 3G cancelada e 30 caçambas de entulho na porta da garagem no dia seguinte!”.

Encabeçada por Ricardo Ferraço, a votação da Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) tinha o intuito de aprovar a alteração no texto do Marco Civil da Internet. Com isso, ficaria proibido para as operadoras estabelecerem um limite máximo de dados em redes fixas de internet, assim como acontece com os pacotes de internet móvel há anos. A votação foi adiada após o senador Cristovam Buarque (PPS – DF) pedir que o projeto também fosse discutido pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), para avaliar sob o ponto de vista da economia.

Na próxima reunião da CCT, a lei pode voltar a ser pauta. Porém, isso não deve acontecer, pelo menos, até dia 1º de agosto, pois a partir desta segunda-feira (18) até 29 de julho, o Congresso estará em recesso branco (recesso informal).

Por Mikael Melo
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s