Globo retira minissérie sobre Tim Maia da internet após polêmica com Roberto Carlos

Um dia após a postagem, o site da produção excluiu o primeiro episódio do ar

A minissérie Tim Maia – Vale o que Vier foi retirada do ar. O primeiro episódio da produção, dividida em duas partes, foi excluída do seu site oficial no sábado, dia 3. Ao entrar na página, encontra-se apenas um aviso de “Conteúdo não disponível”. De concreto, é possível encontrar somente uma página com os créditos da minissérie. O capítulo em questão foi upado na sexta-feira, dia 2. A segunda parte da minissérie não chegou a ser postada na internet.

Tim Maia minissérie indisponível

A exclusão vem após as polêmicas envolvendo a produção. A Rede Globo foi acusada de amenizar o lado do cantor Roberto Carlos, que fez pouco caso de Tim Maia quando estava em ascensão na carreira, como ilustra o filme Tim Maia, dirigido por Mauro Lima, e o livro em que é baseado, Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia, de Nelson Motta. Na minissérie exibida, o “rei” fica como herói, quando na verdade humilha Tim em uma época difícil da vida dele. Uma cena chave cortada mostrava Roberto Carlos entregando um par de botas e um punhado de dinheiro amassado para o protagonista. No lugar dela, foram introduzidos depoimentos de Roberto e de Nelson Motta, sendo que este contradiz o que ele próprio escreveu em sua obra literária. “O Roberto (…) sabia o valor que o Tim tinha como cantor e compositor, tanto que levou o Tim para a Jovem Guarda. O Roberto fez o que pôde”, afirmou Nelson Motta na minissérie.

Apesar de ter sido sucesso em audiência, registrando 24 pontos somente no primeiro episódio, a minissérie causou burburinho nas redes sociais justamente pelas modificações, causando até mesmo insatisfação do diretor do longa-metragem, Mauro Lima. “Aos seguidores que não viram ‘Tim Maia’ no cinema, sugiro que não assistam a versão que vai ao ar hoje e amanhã na Globo. Trata-se de um subproduto que não escrevi daquele modo, nem dirigi ou editei. Seria um ‘director’s non cut’. Sugiro esperar sair no Now ou DVD, na sua forma original. Grato.”, disse Lima em sua conta do Instagram em post fechado exclusivo para seus seguidores.

A Rede Globo se manifestou alegando que a minissérie não é uma exibição do filme, justificando que “qualquer obra audiovisual segue critérios artísticos” e que o episódio em questão mostrou “Tim tentando sem sucesso falar com Roberto Carlos ao voltar dos EUA, em situações diferentes”, com contexto mais detalhado nas entrevistas de Roberto, Nelson, Erasmo Carlos e Fábio. A minissérie foi dirigida por Luis Felipe Sá.

A cinebiografia Tim Maia foi um dos melhores filmes nacionais de 2014 e até dia 17 de dezembro, de acordo com números da Ancine (Agência Nacional do Cinema), levou 773.541 espectadores aos cinemas brasileiros. A crítica do filme, aliás, você pode conferir aqui.

Por Rodrigo Ramos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.