Hallyu Wave e porque você deveria começar a se inteirar agora

Conheça mais sobre as produções televisivas da Coreia do Sul, os doramas, que se transformaram em uma febre global e conquistam mais adeptos a cada dia. 

Annyeonghaseyo! Jaljinaeyo???? Alguns de vocês provavelmente estão se perguntado o que será que significam as palavras no início do texto e não estão entendendo nada no momento. Se você faz parte desse grupo, então é porque não está familiarizado com as novelas asiáticas, também conhecidas como dramas asiáticos ou doramas (como é chamado pelos fãs).

Elas são como as séries de TV, geralmente com uma temporada, e costumam ter de 16 a 20 episódios de uma hora de exibição. São muito comumente divididos em K-dramas (coreanos), TW-dramas (taiwaneses), J-dramas (japoneses), C-dramas (China) e são produzidos pelas grandes emissoras asiáticas como SBS e KBS.

Tomorrow With You

Bom, para começo de conversa, o dorama que é dorama vai sempre ter bastante drama (como o próprio nome já indica), e é o gênero que mais predomina. Essas produções adoram fazer seu público chorar, ter uma série de surtos, ou entrar em depressão quando o final é totalmente o oposto ao que se esperava (assistam Scarlet Heart: Ryeo, de 2016,  que irão entender o que digo).

Scarlet Heart: Ryeo

As filmagens, em sua maioria, são feitas em sets fechados, porém, não é incomum acontecerem também em locações reais e utilizarem famosos estabelecimentos como restaurantes, cafés e pontos turísticos do país. Por isso, caso esteja andando pelas ruas de Seul e decidir visitar, por exemplo, a Namsan Tower, pode muito bem se deparar com um set de filmagens e atores em plena atuação.

Local de filmagem do drama ‘The Legend of the Blue Sea’

É comumente refletido em seus dramas muito sobre sua história milenar e seus costumes. As emissoras, principalmente coreanas, produzem vários dramas de época, como por exemplo, os doramas Moonlight Drawn by Clouds (2016), Faith (2012) e Hwarang (2017).

Moonlight Drawn by Clouds

A cultura asiática é bem diferente da ocidental e brasileira, tornando por si só a experiência um pouco estranha num primeiro contato, ou às vezes até mesmo para quem já assiste há algum tempo. Na construção de seus roteiros, são incluídos pontos bem populares como o respeito aos mais velhos (que é algo extremamente sério pelas bandas de lá), o lugar da mulher, a pressão nos estudos (que foi apelidado “carinhosamente” pelos coreanos como Hell Korea), a competitividade profissional e o modo como um homem e uma mulher são vistos e diferenciados diante a sociedade. É bom ressaltar que mesmo sendo caracterizadas de forma exagerada nas narrativas, várias dessas situações são baseadas no dia a dia deles.

The Man Living in Our House

Não espere por cenas de pegação com beijos demorados e pessoas se enroscando na cama, fazendo a família tradicional brasileira ficar em um silêncio tenso enquanto assiste à nova novela das nove do Manuel Carlos. Não vai rolar. Desista dessa ideia. Asiáticos são super reservados quanto ao contato físico, e isto é refletido na comportamento e no desenvolvimento dos personagens . Os casais ficam de mãos dadas ou trocando olhares, e quando acontece a cena do beijo, geralmente é ali aos 45 minutos do segundo tempo. Usualmente, tais cenas não trazem ousadia e nem deixam o espectador fogoso. Em dramas mais antigos, o casal somente encostava os lábios, o nosso famigerado ‘selinho’. Contudo, ainda que não haja cenas calientes, o romance não perde sua magia, principalmente com as declarações e frases ditas pelos personagens.

Legends of the Blue Sea

Suas trilhas sonoras são produzidas exclusivamente para a trama e são um show a parte. O casal principal sempre tem uma música cantada por algum artista famoso no país. E caso algum cantor participar da novela — algo que é muito comum — certamente terá alguma canção nela. Esses ídolos nunca são somente uma coisa. Ele é ator? Sim! Mas também é cantor, dançarino, coreógrafo, produtor…

Baekhyun é cantor do boy group EXO e ator da série ‘Dalui Yeonin – Bobogyungsim Ryeo’

Por último, mas não menos importante, vamos falar de algo que deixa a maioria das fãs muito contentes: os Oppas. A definição para essa palavra, que é uma expressão coreana, é direcionada àquele rapaz que você já anda de olho há algum tempo, o nosso bendito ‘crush’, ou também pode se referir ao irmão mais velho. Porém, em algum momento, começaram a chamar todo ídolo de k-drama ou k-pop de oppa, e o apelido pegou. Bom, eu sei, eu sei que esse é um motivo um tanto quanto leviano para começar a assistir os doramas. Mas minha gente, não dá pra evitar não se apaixonar e ‘crushar’ neles (dá uma googleada em Ji Chang Wook e Siwon). São muito lindos e sempre estão impecáveis com suas peles perfeitas e super bem vestidos — outro aspecto cultural: os coreanos são viciados, excessivamente, em questões de beleza. Prova disso é que a Coreia do Sul é o país número 1 no ranking mundial de cirurgias plásticas. Dificilmente você verá nas ruas alguém que está mal vestido, ou que não saiba o nome do último creme rejuvenescedor de pele.

Siwon e Donghae são cantores do grupo Super Junior, e também atores.

Portanto, o protagonista sempre será lindo e famoso entre as mulheres e super carismático. Ou o misterioso, porém sensível e recluso, que irá conhecer a protagonista, batalhadora e que luta por uma vida melhor, e ou ela já era apaixonada por ele, ou os dois se conhecem e primeiramente irão brigar como cão e gato, até se tocarem que um é o amor da vida do outro. Clichê? Sim, é. E bastante. Porém, quem disse que tudo na vida tem que ser ao estilo de Game of Thrones, né non?

Strong Woman Do Bong Soon

Sou uma pessoa suspeita a falar, como já devem ter reparado, porque realmente adoro assistir dramas asiáticos, principalmente os coreanos. Eu tenho fanikitos quando o casal principal se beija pela primeira vez, tenho ataques de raiva quando as benditas antagonistas aparecem querendo estragar tudo, morro de dó do oppa que fica na friendzone (outro aspecto das histórias é que pode contar que sempre terá dois homens querendo a mocinha), entro em grupos de apoio quando o meu drama favorito acaba e preciso de outro pra poder me consolar do que terminou, enfim, vários surtos por dia.

Flower Boys Next Door

Apesar de a maioria dos dramas focarem no romance, há outros gêneros bem explorados, como os de ação, suspense e comédias. Grande parte das pessoas ao ouvir falar deste tipo de entretenimento vindo do outro lado do mundo, na maioria das vezes, faz a típica cara de “você realmente sonha que eu irei perder meu tempo com essa coisa clichê que mais parece novela mexicana de gente dos olhos puxados?”, e por não ser acostumado, já despreza sem nem ao menos dar uma chance. O típico pré-julgamento e preconceito costumeiros. Porém, é interessante colocar ali no cantinho esse pré-conceito, respirar fundo e ver que existem virtudes  ali. Há muitos tipos e gêneros, e talvez algum seja do seu agrado!

Weightlifting Fairy Kim Bok Joo

Aonde assistir

Caso se interesse, e decida embarcar nessa onda hallyu, poderá acompanhar pelos canais online como o Drama Fever, Viki, e pelas fansubs Fighting Fansub, Kingdom Fansub, Meteor Fansub, entre outras que existem. A Netflix também possui em seu acervo alguns doramas, como o recente Descendants of the Sun e o clássico Boys Over Flowers.

Boys Over Flowers

O serviço de streaming mais famoso do mundo também será responsável pela primeira transmissão internacional de um k-drama. Do canal sul-coreano JTBC, Man to Man será exibida em mais de 190 países, inclusive o Brasil. O seriado será dividido em duas partes, com oito episódios cada, exceto pela Coreia do Sul, que contará com os episódios no site uma hora após a exibição em seu território, começando no dia 21 de abril.

Man to Man

Dicas do que assistir

Coffee Prince, Weightlifting Fairy Kim Bok Joo, The moon that embraces the Sun, My Love From Another Star, Goblin [foto de capa do artigo], Scarlet Heart: Ryeo, Moonlight Drawn by clouds, Legend of the blue sea, Another Hae young, Boys over flowers, Angel eyes, Descendentes of the sun, e o filme Invasão Zumbi (Train to Busan, em inglês, e Busanhaeng, no original).

Invasão Zumbi
Por Ana Zanini
Anúncios

2 opiniões sobre “Hallyu Wave e porque você deveria começar a se inteirar agora”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s