Espetáculo sobre a vida cotidiana da população negra será apresentado em Itajaí

A performance ‘Preta-à-Porter’, do coletivo NEGA, de Florianópolis, vem pela primeira vez à Itajaí neste sábado (4), em duas sessões.

Itajaí recebe neste sábado (4), pela primeira vez, a performance Preta-à-Porter, do Coletivo NEGA, de Florianópolis, com produção da Plasticine Produções Artísticas e Culturais. Serão duas sessões, às 18h e às 21h, sediadas na Casa da Cultura Dide Brandão.

A performance retrata histórias e conflitos enfrentados na vida cotidiana da população negra, partindo da vivência particular de pessoas que participam e já participaram do coletivo.  Em especial, destaca-se a vivência das mulheres negras.

Já são cinco anos de performance, que vai se modificando de acordo com a formação do elenco. Segundo o coletivo, mais de 20 atores passaram pelo espetáculo e deixaram alguma contribuição. A performance não é engessada, sendo modificada quando necessário.

A entrada é gratuita e os ingressos podem ser retirados no local uma hora antes da apresentação. Após as performances, haverá debate com as atrizes do coletivo.

A Casa da Cultura Dide Brandão fica situada na Rua Hercílio Luz, nº 655, no Centro de Itajaí.

Sobre o Coletivo NEGA

O Programa NEGA – Negras Experimentações Grupo de Artes foi criado em 2011 pelo Departamento de Artes Cênicas e Direção de Extensão do Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Esse programa de Extensão dá suporte aos trabalhos de formação, criação e apresentação do Coletivo NEGA, um grupo de artistas afro-descendentes cuja prática teatral contemporânea se fundamenta em expressões e manifestações culturais de origem africana.

O coletivo recebe formação permanente em interpretação teatral, danças populares e de origem africana e percussão afro-brasileira e latina. A partir dessa formação, cria e apresenta performances e espetáculos.

Sobre a Plasticine Produções Artísticas e Culturais

Fundada na cidade de Camboriú/SC, a Plasticine Produções Artísticas e Culturais surgiu da vontade de fazer com que arte e cultura estejam cada vez mais acessíveis à população em geral. Fomentar cultura e arte, viabilizar a produção e a apresentação de espetáculos, números artísticos e performances que possam ser apreciadas por pessoas de todas as idades, desenvolver consciência artística e incentivar vocações, promover eventos e atividades que venham a contribuir para com a formação de novos talentos e complementar os saberes de alguns dos artistas já em atividade em nossa região são alguns dos nossos projetos enquanto propósitos.

 

Por Rodrigo Ramos, com informações de Pietra Garcia
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s