DGA Awards 2016 | Alejandro G. Iñárritu conquista o prêmio de direção por O Regresso

Nos últimos 67 anos de premiação, em apenas sete ocasiões o vencedor do DGA não conquistou o Oscar de melhor diretor

Aconteceu na noite do último sábado (6) a 68ª edição do Directors Guild of America Awards (DGA). Na ocasião, o principal destaque foi a vitória de Alejandro González Iñárritu por seu trabalho na direção do filme O Regresso. Com isso, o diretor mexicano se torna o primeiro na história da premiação de ganhar o prêmio por dois anos consecutivos. No ano anterior, ele conquistou o troféu por Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância).

Leonardo DiCaprio, estrela de O Regresso, ao lado do diretor Alejandro González Iñárritu
Leonardo DiCaprio, estrela de O Regresso, ao lado do diretor Alejandro González Iñárritu

O prêmio, dado pelo Sindicato dos Diretores dos Estados Unidos, é um dos termômetros do Oscar e, costumeiramente, serve de presságio sobre quem conquistará a categoria de melhor direção no Academy Awards. Em 67 anos de premiação, o ganhador do DGA Awards só não venceu o troféu de melhor diretor no Oscar em apenas sete oportunidades — a mais recente ocorreu em 2013, quando Ben Affleck venceu o DGA por Argo, enquanto no Oscar ele sequer foi indicado à melhor diretor, tendo como vencedor da categoria Ang Lee por As Aventuras de Pi.

Diante deste prêmio, os principais sindicatos se dividem e fica difícil apontar um favorito para o Oscar. O Regresso certamente se fortalece com o troféu de Iñárritu, porém o Sindicato dos Atores (SAG Awards) e o Sindicato dos Produtores (PGA Awards) premiaram Spotlight – Segredos Revelados (melhor elenco) e A Grande Aposta (melhor produção para o cinema), respectivamente. Este deve ser um dos anos em que não há um grande favorito para conquistar o Oscar de melhor filme, mas dificilmente sairá das mãos de um desses três longas.

Nova categoria

Neste ano, o DGA Awards lançou uma nova categoria, dedicada para os diretores estreantes no cinema. O primeiro vencedor da história foi Alex Garland por seu trabalho em Ex-Machina: Instinto Artificial. O diretor brasileiro Fernando Coimbra concorria ao prêmio pela direção de O Lobo Atrás da Porta.

HBO se consolida na TV

Nas categorias televisivas, Game of Thrones e Veep, ambas da HBO, saíram vitoriosas pelos episódios “Mother’s Mercy” (também ganhadora do Emmy de melhor direção em série dramática) e “Election Night”, respectivamente. Na categoria de direção em telefilme ou minissérie, a HBO garantiu outra conquista, com o troféu indo para Dee Rees pelo filme Bessie.

Confira abaixo a relação completa dos vencedores do DGA Awards 2016.

Melhor Direção em Filme
Alejandro González Iñárritu – O Regresso
Tom McCarthy – Spotlight – Segredos Revelados
Adam McKay – A Grande Aposta
George Miller – Mad Max: Estrada da Fúria
Ridley Scott – Perdido em Marte

Melhor Direção de Estreante em Filme
Fernando Coimbra – O Lobo Atrás da Porta
Joel Edgerton – O Presente
Alex Garland – Ex Machina
Marielle Heller – O Diário de Uma Adolescente
Laszlo Nemes – Filho de Saul

Melhor Direção em Documentário
Matthew Heineman – Cartel Land
Jimmy Chin & Elizabeth Chai Vasarhelyi – Meru
Liz Garbus – What Happened, Miss Simone?
Alex Gibney – Going Clear: Scientology and the Prison of Belief
Asif Kapadia – Amy

TV

Melhor Direção em Série Dramática
David Nutter – Game of Thrones (“Mother’s Mercy”)
Michael Engler – Downton Abbey (“Episode 8”)
Lesli Linka Glatter – Homeland (“The Tradition of Hospitality”)
Steven Soderbergh – The Knick (“Williams and Walker”)
Matthew Weiner – Mad Men (“Person to Person”)

Melhor Direção em Série Cômica
Chris Addison – Veep (“Election Night”)
Louis C.K. – Louie (“Sleepover”)
Mike Ludge – Silicon Valley (“Binding Arbitration”)
Gail Mancuso – Modern Family (“White Christmas”)
Jill Soloway – Transparent (“Kina Hora”)

Melhor Direção em Telefilme ou Minissérie
Dee Rees – Bessie
Angela Bassett – Whitney
Laurie Collyer – The Secret Life of Marilyn Monroe
Paul Haggis – Show Me a Hero
Kenny Leon e Matthew Diamond – The Wiz Live!

Melhor Direção em Programa de Variedade/Talk-Show/Esportes/Notícias Regular
Dave Diomedi – The Tonight Show Starring Jimmy Fallon (“Episode #325”)
Paul G. Casey – Real Time with Bill Maher
Don Roy King – Saturday Night Live
Ryan McFaul & Amy Schumer – Inside Amy Schumer
Chuck O’Neil – The Daily Show with Jon Stewart

Melhor Direção em Programa de Variedade/Talk-Show/Esportes/Notícias – Especiais
Don Roy King – Saturday Night Live 40th Anniversary Special
Sofia Coppola – A Very Murray Christmas
Hamish Hamilton – The 87th Annual Academy Awards
Beth McCarthy-Miller – Adele Live in New York City
Chris Rock – Amy Schumer: Live at the Apollo

Melhor Direção em Reality Show
Adam Vetri – Steve Austin’s Broken Skull Challenge
Brady Connell – The great Christmas Light Fight
Ken Fuchs – Shark Tank
Steve Kryniewicz – Cutthroat Kitchen
Bertram van Munster – The Amazing Race

Melhor Direção em Programa Infantil
Kenny Ortega – Descendants
Paul Hoen – Invisible Sister
Joseph Mazzarino – Sesame Street
Amy Schatz – Saving My Tomorrow
Sasie Sealy – Gortimer Gibbon’s Life on Normal Street

Melhor Direção em Comercial
Andreas Nilsson – Biscuit Filmworks
Mile Jay – Smuggler
Tom Kuntz – MJZ
Steve Rogers – Biscuit Filmworks

Por Rodrigo Ramos
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s