Após 20 anos de produção, Chatô – O Rei do Brasil ganha seu primeiro trailer

Filme custou R$ 66 milhões e deve estrear ainda em 2015

A notícia mais importante do cinema brasileiro nos últimos anos aconteceu neste início de semana: saiu o primeiro trailer não oficial de Chatô – O Rei do Brasil, filme dirigido por Guilherme Fontes, que está sendo produzido há mais de 20 anos e nunca foi lançado. Essa é a primeira vez que o público vê alguma coisa do longa.
O responsável pela postagem do vídeo no YouTube foi o escritor Fernando Morais, autor da biografia homônima em que o filme se inspira. Ele publicou o link em sua página no Facebook com o seguinte comentário: “Tenho más notícias para os coleguinhas que urubuzaram o Guilherme Fontes nos últimos [20, diga-se de passagem] anos: o filme Chatô – o Rei do Brasil, está pronto”. Em quase dois dias no ar, foram contabilizadas mais de 40 mil visualizações do trailer inacabado, como o próprio Morais afirma na postagem.
De acordo com o blog Sem Legenda, da Folha de S. Paulo, Morais disse à reportagem que Fontes trouxe a ele uma cópia para ver aquelas cenas contidas no vídeo em um pendrive e que copiou o arquivo ao seu computador. Segundo o Sem Legenda, Morais se recusou a ver ao filme inteiro, mas gostou dos três minutos que viu e postou na internet. “É irreverente, que tem muito a ver com a personalidade do Chatô. Ele era um sujeito ruidoso em todos os sentidos”, disse o escritor. Ainda de acordo com o blog, o cineasta Cacá Diegues, que assistiu a película ainda não finalizada há alguns anos, definiu o trabalho como “o último filme do tropicalismo no Brasil”.
Chatô – O Rei do Brasil conta a história do político, empresário e jornalista Assis Chateaubriand, que nos anos de 1920 fundou os Diários Associados, grupo de mídia que engloba jornais, emissoras de rádio e de TV. No filme, o personagem é estrelado pelo ator Marco Ricca. O longa começou a ser rodado em 1995, tendo duas etapas de filmagens, ainda na década de 90. Dá pra ver que as cenas são mesmo de longa data, uma vez que todo o elenco está rejuvenescido, incluindo Leandra Leal, ainda com cara de adolescente, e atores como Walmor Chagas e José Lewgoy já até morreram. De lá pra cá, o material nunca viu a luz do dia. Entre 95 e 99, o longa captou através da Lei Rouanet e Lei do Audiovisual o montante de R$ 8,6 milhões. Com correção monetária e acréscimo de juros, o valor chega a R$ 66 milhões.
Chatô - O Rei do Brasil 01
No ano passado, em abril, o Superior Tribunal de Justiça começou a analisar um processo por suposta prática de improbabilidade administrativa pelo diretor Guilherme Fontes, por mau uso de recursos públicos captados para a realização do filme. A ação civil movida pelo Ministério Público Federal alega que a empresa do diretor recebeu R$ 51 milhões, em forma de isenção fiscal por patrocinadores, para realizar a obra, mas nunca havia concluído-a ou tampouco prestou constas de como foi utilizado o dinheiro.
Em novembro de 2014, o Tribunal de Contas da União condenou Fontes a devolver aos cofres públicos R$ 66 milhões e pagar multa de R$ 2,5 milhões pela falta de prestação de contas.
Na última sexta-feira (15), foi divulgado, através do Diário Oficial da União, a classificação do longa-metragem, o que significa que ele está definitivamente pronto – sim! O Ministério da Justiça recebeu a cópia e avaliou que a classificação indicativa da obra é de 14 anos, por conta de “conteúdo sexual, drogas ilícitas e linguagem inapropriada”. Segundo informações da Folha, Fontes garante que o filme será lançado ainda neste semestre, apesar de ainda não haver um distribuidor para o trabalho.

O elenco conta com Marco Ricca, Andréa Beltrão, Paulo Betti, Leandra Leal, Letícia Sabatella, Gabriel Braga Nunes, Walmor Chagas e José Lewgoy.

Fotos: Reprodução/YouTube
Fotos: Reprodução/YouTube

Reação da internet

A demora do lançamento do filme transformou Chatô – O Rei do Brasil em lenda. Mas depois de 20 anos, finalmente conseguimos ter acesso a algumas imagens. O vídeo lançado é só uma junção de imagens e não faz sentido narrativo algum. Todos esses fatores fizeram com que a internet se divertisse com esse trailer inacabado. Separamos alguns dos comentários de maior interesse público sobre o caso.

O que falta par o trailer ser finalizado?

comentário chatô 01

Alguns ficaram surpresos…

Vai ser em Technicolor?

É ficção científica???

comentário chatô 01

Cinema de arte.

comentário chatô 04

Será que estaremos vivos até a estreia?

Chatô > Boyhood

comentário chatô 03

 Por Rodrigo Ramos
Anúncios

3 comentários em “Após 20 anos de produção, Chatô – O Rei do Brasil ganha seu primeiro trailer”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s