Evento traz programação artística que debate questões de gênero e sexualidade em Itajaí

A segunda edição do CORES: arte, gênero e diversidade acontece nos dias 14 e 15 de dezembro. Todas as atrações são gratuitas.

A segunda edição do CORES: arte, gênero e diversidade surge em 2018 a partir de uma necessidade da Karma Cia. de Teatro em discutir as questões de gênero e sexualidade na cidade de Itajaí, sendo que no ano anterior o grupo já iniciava sua pesquisa artística nesta temática. Além do desejo pessoal o grupo via uma urgência também em âmbito nacional de se colocar este assunto em pauta.“O CORES vem preencher uma lacuna de proposições com esta temática em Itajaí e região, é muito importante que a comunidade participe, a nossa ideia além da conscientização sobre o tema é trazer uma programação de qualidade”, explica Mauro Filho, produtor do evento. CORES: arte, gênero e diversidade acontecerá nesta sexta-feira (14) e sábado (15), na Itajaí Criativa Residência Artística e na Casa da Cultura Dide Brandão, com entrada franca.

Com foco na produção artística e pensamento estético voltado às teorias de gêneros e à causa comunidade LGBTQ+, agora em 2018, a Karma Cia. de Teatro decidiu ampliar a discussão para as diversidades, em suas variadas cores, formas e modos de existir. Nesta perspectiva, o intuito é continuar fazendo deste evento espaço aberto de diálogo entre artistas dos mais variados segmentos e a comunidade em geral. Diálogo esse mais que necessário, especialmente neste momento de resistência, onde as existências estão sob ameaça.

Esta edição a programação do CORES conta, além das apresentações dos espetáculos de teatro Berlim: dois corpos à procura e Cartografia do Assédio, ambos da Karma Cia. de Teatro, com trabalhos de artistas convidados que forma desenvolvidos especialmente para este evento. São eles: exposição Orgasmo Bege de Sarah Uriarte e a performance Manobra de Heimlich de Osmar Domingos. Além disso, será realizada uma roda de conversa com o grupo, artistas convidados e convidadas e público presente sobre processos de criação artística intitulado “Diálogo Insurgente” e ao final da programação música com Hedra Rockenbach (Grupo Cena 11). O espetáculo Cartografia do Assédio será a única atividade que acontecerá na Casa da Cultura Dide Brandão, enquanto as demais serão na Itajaí Criativa – Residência Artística.

CORES: arte, gênero e diversidade é um projeto contemplado pelo Edital de Eventos Comunitários, com patrocínio da Fundação Cultural de Itajaí e da Prefeitura Municipal de Itajaí. A realização é da Karma Cia. de Teatro. Para acessar a programação completa entre em www.karmaciadeteatro.com.br

Programação completa:

14/12 (sexta-feira)

19h30 – Abertura da exposição “Orgasmo Bege” de Sarah Uriarte

Classificação etária: 14 anos

Local: Itajaí Criativa Residência Artística

 

20h30 – “Espetáculo Berlim: dois corpos à procura”

Classificação etária: 14 anos

Local: Itajaí Criativa Residência Artística

 

15/12 (sábado)

11h – Espetáculo “Cartografia do Assédio”

Classificação etária: 14 anos

Local: Casa da Cultura Dide Brandão

 

14h30 – Performance “Manobra de Heimlich” de Osmar Domingos

Classificação etária: 14 anos

Local: Itajaí Criativa Residência Artística

 

17h – Diálogos Insurgentes

Classificação etária: 14 anos

Local: Itajaí Criativa Residência Artística

 

20h – “Mexe comigo que eu não danço só. Mix da resistência” com Hedra Rockenbach

Classificação etária: 14 anos

Local: Itajaí Criativa Residência Artística

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.