Sesc promove mostra com filmes sob a perspectiva feminina, em Balneário Camboriú

Filmes serão exibidos entre os dias 17 e 22 de outubro.

Começou nesta segunda-feira (17) e vai até o sábado (22) a Mostra de Cinema Mulheres em Cena, no Sesc de Balneário Camboriú. Durante os seis dias de exibição, o evento irá trabalhar em cima de filmes sob a perspectiva feminina, cujas narrativas lidam com temas como a diversidade sexual, a discriminação da mulher, contextos políticos e sociais.

A cada dia, um novo filme com alguma temática ligada ao universo feminino será exibido na mostra. Todas as sessões começam às 19h (exceto no sábado, que começa às 14h) e são abertas ao público.

Logo abaixo, confira a relação completa dos filmes com suas informações técnicas e sinopse. O Sesc fica localizado na Avenida Central, 360, Centro, Balneário Camboriú.

Segunda-feira 17/10 – 19h
O Sonho de Wadjda

Drama / 2012 / 98 min / Arábia Saudita Sinopse: O Sonho de Wadjda é um filme teuto-saudita dirigido por Haifaa al-Mansour. O filme foi o primeiro longa-metragem dirigido por uma mulher na história da Arábia Saudita. Wadjda é uma menina de 12 anos que mora no subúrbio de Riad, capital da Arábia Saudita. Embora ela viva em uma cultura conservadora, Wadjda é uma garota cheia de vida, que usa calça jeans, tênis, escuta rock’n roll e deseja apenas uma coisa: comprar uma bicicleta para poder disputar uma corrida com seu melhor amigo Abdallah. Mas em uma sociedade que diz que as bicicletas são apenas para os meninos porque podem ser perigosas para a virtude das meninas, ela enfrentará muitas dificuldades para realizar seu sonho.

Terça-feira 18/10 – 19h
Pelo Malo
Drama / 2013 / 93 min / Venezuela
Sinopse: Junior, um menino de nove anos, tem cabelo encaracolado, e não pensa em outra coisa senão alisá-lo. Sua mãe, Marta, luta para sustentar a família após a morte do marido e, ao mesmo tempo, preocupa-se com a atenção de Junior com o visual, e tenta evitar o jeito diferente do filho.

Quarta-feira 19/10 – 19h
Lulu Nua e Crua

Comédia Dramática / 2013 / 99 min / França
Sinopse: Após uma entrevista de emprego mal sucedida, Lulu decide não voltar para casa e parte deixando seu marido e os três filhos. Ela não premedita nada, tudo acontece bem simplesmente. Ela se dá alguns dias de liberdade, sozinha, no litoral, sem nenhum outro projeto além de aproveitar plenamente e sem culpa. No caminho, ela vai cruzar com pessoas que também estão à margem do mundo: um homem estranho cuidado pelos irmãos, uma velha absolutamente entediada e uma funcionária maltratada por sua patroa. Três encontros decisivos que ajudarão Lulu a recuperar uma antiga conhecida que ela perdeu de vista: ela mesma.

Quinta-feira 20/10 – 19h
Ida

Drama / 2013 / 80 min / Polônia
Sinopse: A jovem noviça Anna está pronta para prestar seus votos e se tornar freira, só que antes disso, por insistência da Madre Superiora, vai visitar a única familiar restante: tia Wanda, uma mulher cínica e mundana, defensora do Partido Comunista, que revela segredos sobre o seu passado. O nome real de Anna é Ida, e sua família era judia, capturada e morta pelos nazistas. Após essa revelação, as duas resolvem partir em uma jornada de autoconhecimento, para descobrir o real desfecho da história da família e onde cada uma delas pertence na sociedade.
* Bate-papo após o filme

Sexta-feira 21/10 – 19h
Nós somos as melhores
Drama musical / 2013 / 102 min / Suécia
Bobo e Klara, duas garotas suecas de 13 anos, querem montar uma banda punk, mesmo que todos digam que o punk morreu. Elas cortam seus cabelos em estilo moicano e recorrem à música para protestar e vencer o tédio. Mas, na verdade, as garotas não sabem tocar nada. Para melhorar a qualidade da banda, chamam a tímida e certinha colega Hedvig, brilhante na guitarra. Uma historia sobre as dificuldades e encantos de crescer e não se encaixar em lugar nenhum.
* Bate-papo após o filme

Sábado 22/10 – 14h
Versos da Ilha
Documentário / 13 min / 2013
Sinopse: Curta-metragem que explora o universo das rendeiras de Florianópolis. Elas compartilham um pouco de suas experiências com a renda de Bilros, arte transmitida de mãe para filha há gerações, e de suas lembranças acerca do local onde vivem. Memórias de mulheres sobre uma ilha em descobrimento.

A Fábrica
Drama / 15 min / 2011
Sinopse: O filme retrata o dia-a-dia de um presidiário e a intenção de convencer a sua própria mãe a burlar a segurança local para lhe trazer um aparelho de celular.

Brasil Orgânico
Documentário / 58 min / 2013
Sinopse: Um documentário sobre a cadeia de alimentos orgânicos, do produtor ao consumidor. O roteiro percorre os biomas brasileiros e revela histórias de pessoas, lugares e ideais de vida. O documentário trata do cultivo sem veneno no país, reunindo iniciativas e histórias de pessoas que tem na produção de alimentos orgânicos uma ideologia de vida: do agricultor familiar ao grande produtor, do agrônomo ao nutricionista, do chef de cozinha ao empresário do mercado de alimentos. Brasil Orgânico estimula uma reflexão sobre o que comemos, como desenvolvemos nossa produção alimentícia e as vantagens nutricionais e sociais da agricultura orgânica frente à convencional.

* Bate-papo após o filme com Louise Salomé — graduada em filosofia, mestra em literatura e doutoranda na Universidade Federal de Santa Catarina.

Informações cedidas pelo Sesc BC.
Por Rodrigo Ramos
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s