Ryan Adams entrevista Taylor Swift sobre o disco 1989

O bate-papo, feito para a QG Magazine, gira em torno das inspirações e processo de criação dos músicos

Caso você ainda não saiba, o roqueiro Ryan Adams fez um dos melhores álbuns do ano ao regravar do seu jeito o disco 1989, o mais bem sucedido trabalho de Taylor Swift. Um mês após de disponibilizar online sua versão, Adams entrevistou a cantora para a QG Magazine.

Durante o papo, Adams e Swift falam sobre inspirações – a dona do hit “Bad Blood” explica, por exemplo, que a ideia de fazer um gritinho esganiçado dizendo “stay” na faixa “All You Had to Do Was Stay” veio em um sonho com um dos ex-namorados e elogia a versão de Adams. Ela também conta como faz para manter um registro das letras que pipocam em sua mente, independente se ela está ou não gravando um novo disco.

Uma das declarações mais bacanas da cantora é sobre a solução que encontrava para se inspirar quando estava com bloqueio criativo ao compôr o disco 1989.

“Para 1989, eu assistia os filmes de John Hughes [diretor dos clássicos Curtindo a Vida Adoidado, Clube dos Cinco e Mulher Nota Mil]. E eu pensava, ‘Ok, pausa, vamos congelar nessa cena, o que ela está pensando neste momento? O que ele está pensando neste momento?’. Eu escrevi quando estava solteira, não tinha muito drama intenso acontecendo, estava vivendo para os meus amigos, morando em Nova York, e tudo era excitante, então para acessar essas emoções novamente, eu meio que me colocava no ponto de vista de outras pessoas”.

Assista à entrevista na íntegra no player abaixo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s