Gal Costa apresenta o show ‘A Pele do Futuro’ em Florianópolis

A cantora performa no dia 10 de agosto, no Centro de Cultura de Eventos da UFSC.

A icônica Gal Costa vem para Florianópolis em apresentação única no dia 10 de agosto (sábado). A apresentação faz parte da turnê do álbum A Pele do Futuro, lançado em 2018.

O show será sediado no Centro de Cultura de Eventos da UFSC (localizado na Rua Engenheiro Agrônomo Andrey Cristian Ferreira, 570, bairro Pantanal). Os ingressos estão disponíveis à venda no site Ingresso Nacional e custam custam R$ 207 (mezanino setor II), R$ 276 (mezanino setor I), R$ 276 (plateia setor II) e R$ 299 (plateia setor I). Todas as modalidades possuem meia-entrada. A apresentação está marcada para as 21h.

Com 53 anos de carreira, Gal vem mostrando versatilidade nesta década, explorando cada vez mais elementos eletrônicos e as brasilidades da atualidade em seus álbuns, como os ótimos Recanto (2011), Estratosférica (2015) e A Pele do Futuro (2018), este dois últimos presentes na votação do Previamente de melhores discos dos seus respectivos anos de lançamento. Confira as listas clicando aqui e aqui. No trabalho mais recente, dá voz a composições dos veteranos Gilberto Gil, Adriana Calcanhoto, Guilherme Arantes, Erasmo Carlos, Djavan e Nando Reis, mas também de nomes da nova geração da música brasileira, como Silva, Tim Bernardes, Dani Black, Emicida e Marília Mendonça, esta com quem divide os vocais na faixa “Cuidando de Longe”. Ao todo, são 30 álbuns de estúdio e outros nove ao vivo em sua discografia.

No repertório da apresentação, serão 20 músicas, sendo seis delas do disco mais recente, enquanto as demais serão de diversas fases da carreira de mais de cinco décadas da intérprete. Sobre o show, “se fazem presentes e atuantes as galcostas de todos os tempos: fatais, legais, índias, tropicais, profanas, plurais, estratosféricas. De ontem e de além”, conceitua o diretor do espetáculo, Marcus Preto.

Fazem parte da banda que toca com Gal: Chicão (teclado), Pedro Sá (guitarra), Lucas Martins (baixo) e Hugo Hori (sax e flauta). O cenário é de Omar Salomão, filho do poeta Wally Salomão (1943 – 2003), que dirigiu a cantora no histórico show Fa-Tal — Gal a Todo Vapor, cujo disco homônimo foi lançado em 1971.
Por Rodrigo Ramos
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close