Meu Namorado é Um Zumbi | Review

Meu Namorado é um Zumbi cartaz

Warm Bodies
EUA, 2013 – 98 min
Romance/Comédia

Direção:
Jonathan Levine
Roteiro:
Jonathan Levine, baseado no livro de Isaac Marion
Elenco:
Nicholas Hoult, Teresa Palmer, Rob Corddry, Dave Franco, Analeigh Tipton, Cory Hardrict, John Malkovich

Por algum motivo, surgiram escritores com o intuito de transformar as lendas da literatura e do cinema de horror em algo bonitinho. Stephenie Meyer teve a brilhante ideia de fazer com que vampiros brilhem à luz do dia, sejam românticos a ponto de querer apenas uma parceira para a eternidade, além de não beber o sangue das pessoas. Ela também deu um jeito de transformar lobisomens em seres sem pelos quando estão na forma humana e se assemelharem com cachorros depois da transformação. Na TV, temos os monstros galãs em Teen Wolf, The Vampire Diaries e Beauty and the Beast. Agora é a vez do livro de Isaac Marion ganhar vida nas telas ao contar a história de um zumbi que é do bem.

Zumbis, por si só, não são figuras exatamente calorosas e cheias de sentimento. Tudo bem, estas criaturas não existem de verdade. Contudo, há décadas se perpetuou a figura do zumbi e o que ele representa. Há algumas variações, mas uma coisa nunca mudou: eles estão mortos e seu estado é irreversível. Por isso, a premissa de Meu Namorado é Um Zumbi – mais um péssimo título, mas que vende o filme como ele merece – é desprezível. Na mesma época em que The Walking Dead faz sucesso mundialmente na televisão, com muito sangue, tripas, sem dó e nem piedade na hora de matar os mortos-vivos, Meu Namorado é Um Zumbi tenta passar uma mensagem de amor através destes seres.

Em Meu Namorado é Um Zumbi, o mundo está devastado pelo ataque zumbi. Restam apenas alguns sobreviventes, que vivem dentro de uma cidade isolada como uma espécie de fortaleza. Grigio (John Malkovich) é o líder da resistência e teve sua esposa morta por um morto-vivo. Sua filha, Julie (Teresa Palmer, a versão loira e um pouco mais viva de Kristen Stewart), durante uma de suas saídas com um grupo em busca de remédios, tem o seu namorado morto por um zumbi. A vida dela é poupada porque R (Nicholas Hoult), apesar de estar morto, começa a se apaixonar por ela.

Nesta trama pós-apocalíptica, existem zumbis que sabem falar, que correm mais do que o papa-léguas e ainda sentem emoções. Mas as coisas ficam piores do que isso. O elenco – o que eu posso dizer? – até tenta. Nicholas Hoult é esforçado, mas a carinha de zumbi bonitinho não convence. Não é exatamente culpa dele, mas o foco é transformar zumbis em algo sexy –  exatamente o que as criaturas não são em hipótese alguma. O que há aqui é uma crepusculização do gênero. É a transformação em algo grotesco, nojento e horrendo em algo meloso e chato. A resolução para o problema zumbi é o amor. Isso mesmo. Esta é a resposta. Por que os criadores de The Walking Dead e A Noite dos Mortos-Vivos não pensaram nisso antes? Pense que genial seria se no final de The Walking Dead Rick se apaixonasse por Michonne? Os problemas de todos seriam resolvidos!

Se Meu Namorado é Um Zumbi é engraçado de alguma forma é mais pelo constrangimento do que pela tentativa de fazer graça. A trama se constrói em cima do amor que R sente por Julie e é basicamente isso. Se há alguma coisa de bom na película é o gosto musical do protagonista, que vai de Guns N Roses a Bob Dylan. É estranho ouvir do personagem que ele prefere vinis ao invés dos CDs, pois estes não têm a mesma qualidade sonora. Enquanto o personagem tenta ressalvar a nostalgia do passado, o longa-metragem vai na contramaré do passado, refletindo os tempos afetados do nosso presente cinematográfico, focado em fazer filmes para mulherzinha – e nem se chega a agradar este público alvo.

1 STAR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.